Focus – Relatório de Mercado de 30/01/2015

Vamos ver as principais previsões dos economistas das instituições financeiras para 2015 e 2016? 

IPCA

Previsão do IPCA, para os próximos 12 meses, cai de 6,69% para 6,61% e volta ao que era há 4 semanas (6,60%).

Para o ano de 2015, previsão do IPCA se mantém quase estável: passa de 6,99% para 7,01%. O mercado só acredita em queda da inflação para 2016, prevendo 5,60% no ano.

Taxa de Câmbio

Há um mês estável, a taxa de câmbio para o final de 2015 é vista em R$ 2,80 por dólar. Para o final de 2016 o mercado prev^R$ 2,90 por dólar.

Taxa Selic

A taxa básica Selic é prevista para ter uma média de 12,47% no ano de 2015 e fechar o ano em 12,50%.

Dívida Líquida do Setor Público

Espera-se que a dívida líquida do setor público fique em 37% do PIB. A dívida fechou dezembro em 36,7% do PIB. Essa quase estabilidade denota que não se espera supresas do lado fiscal.

PIB

A previsão de crescimento do PIB está em 0,03%, ou crescimento quase inxistente. Para 2016, o crescimento esperado é de 1,50%

Balanço de Pagamentos

Do lado do balanço de pagamentos espera-se pequeno superavit comercial de US$ 5 bilhões, investimentos estrangeiros diretos de US$ 59,2 bilhões e deficit nas transações correntes de US$ 78 bilhões. Em outras palavras, estabilidade no balanço de pagamentos com deficit em trasações correntes financiado por investimentos e pequeno superavit comercial. As reservas brasileira, nesse caso, devem se manter acima do US$ 370 bilhões.

About cesarlocatelli

Sócio Diretor da F2 Formação Financeira. Mestre em Economia e Professor de Finanças, Derivativos e Planejamento Financeiroa
This entry was posted in Frações Financeiras. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>