Frações Financeiras 2 – O que é DI?

O DI – Depósito Interfinanceiro, que também é chamado de CDI, é um instrumento financeiro que possibilita o empréstimo de recursos entre instituições financeiras. As pessoas ou as empresas não financeiras não podem fazer esse tipo de operação.

Geralmente, a operação de é feita por um dia, mas existem também aquelas de prazo mais longo. O banco, ou outra instituição financeira, com sobra de caixa empresta para outro com falta de caixa através do DI.

A diferença do depósito interfinanceiro com a operação de overnight, explicada no Frações Financeiras 1, é que, no overnight, há um título público como lastro, como garantia, da operação, enquanto que no depósito interfinanceiro não há lastro. Aplicando as sobras de caixa no DI, o banco está correndo o risco de crédito do banco tomador, porque como não há garantia, se o banco tomador falir, o banco emprestador vai perder o dinheiro.

Como a maior parte dessas operações se concentra em operações de um dia, sua taxa é sempre muito próxima da taxa Selic usada nas operações de overnight com lastro em títulos públicos. Então, quando o Banco Central determina que a meta da taxa Selic é, por exemplo, 8%, está também determinando que a taxa do DI ficará muito perto de 8%, pois tanto a operação de overnight quanto a operação de DI são as operações básicas de aplicação e captação de recursos das instituições financeiras. Tradicionalmente a taxa do DI é ligeiramente inferior (0,02 ou 0,03) à taxa do Selic.

Diariamente, a CETIP, onde todas as operações de DI são registradas, divulga a Taxa DI Over, que é uma média calculada com base nas operações realizadas pelo mercado interbancário no dia. Essa média é usada como indexador de outras operações. Por exemplo, se um investidor compra um Certificado de Depósito Bancário (CDB) a 98% do CDI, seu rendimento será 98% dessa taxa média calculada diariamente pela Cetip.

Os fundos DI, muito conhecidos no mercado, são aqueles que buscam fazer com que seu rendimento acompanhe a taxa do DI, que é exatamente essa mesma taxa média calculada pela Cetip com base nas operações interbancárias de um dia.

Se você quiser ler mais sobre os Depósitos Interfinanceiros veja a Resolução 3.399 no sítio do Banco Central  http://www.bcb.gov.br  ou da Cetip www.cetip.com.br. Se quiser ler outros números da série Frações Financeiras veja www.f2br.com/cesarlocatelli

About cesarlocatelli

Sócio Diretor da F2 Formação Financeira. Mestre em Economia e Professor de Finanças, Derivativos e Planejamento Financeiroa
This entry was posted in Frações Financeiras. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>