10 Frações sobre a Pesquisa Mensal do Emprego do IBGE – dezembro/2012

A Pesquisa Mensal do Emprego é realizada pelo IBGE em seis regiões metropolitanas, que são Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Vamos ver os dados mais relevantes de pesquisa realizada em dezembro de 2012 e divulgada em www.ibge.gov.br em 31/01/2013.

1. Massa salarial cresce 7,5% em 1 ano e 43% em 10 anos.

A massa de rendimento médio real habitual da população ocupada foi estimada em cerca de R$ 43 bilhões, no total das seis regiões metropolitanas. Para dezembro de 2011 a estimativa da massa salarial mostrava R$ 40 bilhões e para dezembro de 2002 R$ 28 bilhões, ambas a preços de dezembro de 2012.

2. População em Idade Ativa cresceu 1,1% no último ano

A População em Idade Ativa (PIA) nas seis regiões metropolitanas pesquisadas foi estimada em 42,5 milhões de pessoas em dezembro de 2012.

3. São 23,4 milhões de pessoas ocupadas nas seis regiões metropolitanas.

A População Economicamente Ativa (PEA), formada pelo ocupados e desocupados, foi estimada em 24,6 milhões de pessoas. O contingente de pessoas ocupadas foi avaliado em 23,4 milhões de pessoas.

4. A taxa de desocupação de 4,6% foi quase igual a de dezembro de 2011

A taxa de desocupação em dezembro de 2012 foi estimada em 4,6%, o que equivale a aproximadamente 1,1 milhão de pessoas. Este é o menor valor da série iniciada em 2002. Em dezembro de 2011, a taxa de desocupação foi 4,7%, praticamente a mesma de dezembro de 2012

5. Ocupação aumenta com anos de estudo

Cerca de 80% da população ocupada têm 8 anos ou mais de estudo. Destes, cerca de 67% têm 11 anos ou mais.

6. 23% da população ocupada têm mais de 50 anos.

7. O rendimento real médio cresceu 3,2% em 2012 e 17% em 10 anos

O rendimento médio real da população ocupada foi avaliado em R$ 1.805 contra R$ 1.749,45 em dezembro de 2011. Se compararmos com dezembro de 2002, que foi R$ 1.537,60, percebemos um crescimento real de 17% em 10 anos.

8. Empregado com carteira assinada ganha R$ 343 a mais na média

O rendimento médio real da população ocupada com carteira assinada no setor privado foi avaliado em R$ 1.651,80, contra R$ 1.308,20 para aqueles sem carteira assinada.

9. 77% dos desocupados estão procurando emprego há menos de 6 meses.

10. De cada 100 empregados no setor privado 82 têm carteira assinada, contra 72 há 10 anos.

Nos serviços domésticos 2 em cada 3 empregados não têm carteira assinada.

About cesarlocatelli

Sócio Diretor da F2 Formação Financeira. Mestre em Economia e Professor de Finanças, Derivativos e Planejamento Financeiroa
This entry was posted in Frações Financeiras. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>